Pessoas na areia da praia

Grata às férias

Pessoas na praia
Imagem de Etienne Girardet em Unsplash

Finalmente chegou o mês de agosto, o mês em que a maioria de nós vai de férias, em que fazemos as malas e rumamos para longe da rotina do dia a dia, permitimo-nos desligar do telemóvel, das compras para o jantar, dos miúdos e do despertador que deixará de nos atormentar todos os dias de manhã. Que sensação de liberdade, de paz, de sossego, de amor e alegria, que bom seria poder viver com estes sentimentos durante todo o ano. Porque não tentar! 

Talvez seja o momento de aprender a ter férias ao longo de todo o ano, férias do telemóvel, dos longos almoços de domingo, das compras ao fim de semana, das limpezas ao sábado, dos serões no trabalho e de tantas outras coisas de que somos escravos. O Pai quer que sejamos livres, por isso deu-nos o poder de escolha, apesar de nem todas as escolhas serem acertadas, nenhuma é para sempre, podemos sempre mudar. Sejamos livres para apreciar o céu estrelado com o Pai, o pôr do sol com as nossas crianças ou, simplesmente, o silêncio da casa vazia. Conta-nos de que férias precisas? Fala connosco.

Deixar um comentário