imagem de boneca de barro de nossa senhora com menino Jesus bebé ao colo

Maria, a mãe de todas as mães

Fotografia de Phil Hearing no Unsplash

Maria, mãe de todos nós, essa mãe que nos ama tanto, mesmo sem termos sido gerados no Seu ventre. 

Um amor incompreensível à nossa humanidade, pois aceitou gerar e criar o Seu filho para o entregar à morte, de modo a que, por esse sacrifício, fossemos todos salvos.

Como deve ter sido difícil o Seu caminho, mas tão cheio de amor. Um caminho de entrega total da Sua vida a Deus. De aceitação do caminho difícil que o Seu filho teria de percorrer para um bem maior, o amor por toda a Humanidade. 

Maria também se deparou com as dificuldades de todas as outras mães. Cuidou o Seu menino quando ele estava doente, sarou as Suas feridas quando o menino Jesus caiu e também O aconchegou quando algum amiguinho O magoou.

Maria também era esposa, mãe e dona de casa. Maria é o maior exemplo de todas as mães e para todas as mães. 

Maria também se compadece de todas as mães solteiras. Ela também sabe o que sente uma mãe que se vê com um filho no ventre numa altura inesperada, sendo rejeitada pelo seu noivo. Viu fugir o chão quando José, na sua primeira reação, não aceitou a Sua gravidez e se afastou. 

Maria também foi mãe refugiada quando fugiu para o Egito em defesa da Sua família, tal como tantas mães nos nossos dias, em tantos países marcados pela fome e pela guerra, que agarram os seus filhos ao colo e fogem procurando uma vida melhor, andando quilómetros em busca de alimento e de um porto seguro. 

Maria também entende e representa todas as mães de coração que não têm filhos biológicos, pois Maria recebeu, em primeiro lugar, os discípulos, amigos de Seu Filho, e depois, todos nós como filhos, os quais quer cuidar ainda hoje e cuidará até ao fim dos tempos. 

Maria acolhe e ama também, de forma muito especial, as mulheres que perderam os seus filhos pois também ela perdeu o Seu. Por todas elas Maria tem uma atenção especial e um aconchego no Seu colo.

Maria, o colo que precisamos nos momentos difíceis, a pessoa que nos ouve e intercede por nós junto do Filho. 

Nunca A afastemos do nosso caminho, Maria a Mãe de todas as mães: com Ela o peso da nossa cruz torna-se mais leve.

Deixar um comentário