Fotografia de menina com uma flor na mão

Oração do Partilhar I

Olá Jesus, amigo, irmão e meu Deus

Obrigada por ter conhecido João Batista,
Que preparou o caminho para podermos ser teus amigos.
É verdade, sim, Jesus, que quando o meu coração está cheio de coisas
E eu não quero repartir nada do que é meu com ninguém…
Que estou longe de ser teu amigo.

Que bem me sinto
Quando alguém reparte algo comigo,
Quando me dá alguma coisa sem nada pedir em troca,
Quando me dá um abraço,
Quando me faz sentir amigo,
Quando me ajuda com algum problema…
Que bem me sinto quando faço alguém feliz,
Ou quando faço um favor,
Ou quando dou um presente surpresa,
Ou quando ajudo alguém numa dificuldade.

Não me deixes nunca, Jesus, cair no egoísmo.
Não quero ser alguém que quer tudo para si
E nada tem para os outros.
Não quero ser alguém que só se preocupa com as suas coisas
E se esquece do que podem precisar os seus companheiros ou amigos.
Não quero ser alguém caprichoso,
Que está sempre a comprar mais e mais coisas,
Para ter mais que ninguém.

Ajuda-me Jesus, a ser uma pessoa que sabe partilhar as suas coisas,
As suas capacidades, as suas qualidades, o seu tempo, a sua amizade…
Tu dizias que há mais alegria no dar do que no receber. E é verdade.
Há mais alegria em repartir e tornar os outros felizes
Do que ter muitas e muitas coisas
Para desfrutar sozinho.

Quero, Jesus,
Pôr em prática todos os dias as tuas palavras.

José Real Navarro, Preparando o Advento e o Natal

Deixar um comentário