mulher com a mão num vidro com gotas de chuva

Porque me torturas?

mulher com a mão num vidro com gotas de chuva
Fotografia de Milada Vigerova em unsplash

Porque me torturas? Pergunta a mulher vítima de abusos por parte do seu esposo. Não há justificação possível, procura e não encontra a razão para ter merecido tal destino. Não apenas físicas, mas torturas psicológicas, que enfraquecem o espírito, que tiram o brilho dos olhos, que tiram a esperança de amanhã ser um dia melhor, pois todos os dias são vividos no medo daquilo que o amanhã trará.

Porque me torturas? Pergunta a criança que sofre com os insultos, com o gozo e com as agressões físicas por parte dos coleguinhas da escola. Arranjaram um nome pomposo para esta tortura, que a cada dia se torna mais dolorosa e que destrói a esperança do presente e do futuro – Bullying. Viver no medo, na insegurança, num vazio profundo, tantas vezes também vivido em silêncio.

Porque me torturas? Pergunta a mulher assediada no seu trabalho pelo colega ou pelo chefe. Assédio moral, sexual ou assédio psicológico por exercer os seus direitos de mãe… Tantas são as formas de assédio no trabalho. 

Porque me torturas se preciso de ganhar o pão de cada dia? Quando apenas cumpro com a minha função! Tantas e tantas mulheres nestas situações pelo mundo.

Porque me torturas? Pergunta quem quer seguir e anunciar a sua fé e viver na Paz. Porque incomoda tanto defender Deus, que morreu por mim? 

Estes são alguns exemplos de casos de tortura dos muitos que te poderia agora enumerar.

Porquê? Porquê eu? Porque tem de ser assim? São perguntas que talvez muitas e muitas pessoas façam ao longo da vida. Talvez tu, que estás desse lado, a ler este texto, já o tenhas feito ou estejas neste momento numa fase da tua vida que fazes estas perguntas constantemente.

É normal perguntares, é normal teres dúvidas, é normal sentires que estás só no meio da tribulação, não és perfeita, nem tu, nem eu!

Jesus foi injustamente julgado, condenado e torturado até à morte. Pois é, e Ele é Deus! Quando te perguntares onde está Deus no meio da tua tribulação, lembra-te: está na Cruz injustamente por ti, por mim, por todos. Se Ele foi torturado, sabe bem o que passas e o que sofres. Ele não te tira a tribulação, mas dá-te força para a superares, para a enfrentares e para a resolveres. Faz a tua parte, usa os meios humanos disponíveis para resolveres a tua situação. Estes casos de tortura, seja de que ordem forem, não são normais e não podes permitir que te façam mal. Denúncia às autoridades competentes… Jesus fará a parte Dele por ti também! Pois Ele prometeu nunca te abandonar até ao fim dos tempos! Confia, reza e aguarda com fé.
Podemos rezar por ti também, faz aqui o teu pedido de oração.

Contactos (apav.pt)

Deixar um comentário