imagem de campo com ovelhas

Alentejo, lugar onde Deus repousou e escolheu para viver

Já tiveram a sensação que há lugares que nos transmitem uma paz infinita, que têm uma energia fantástica? 

Já tiveram momentos em que quando estamos na natureza, longe da azáfama das cidades, começamos a analisar cada pormenor que a nossa vista alcança, e sentimentos que é tão bonito…Como é que nunca tínhamos reparado?

Há lugares onde verdadeiramente sentimos a presença de Deus, no chilrear dos pássaros, nas diferentes cores das flores que preenchem o campo na primavera, nos diferentes animais que passam a correr à nossa frente e que nunca tínhamos prestado atenção, no nascer e no pôr do sol com as suas cores maravilhosas e perfeitas… Deus fez a natureza, e a fez tão perfeita. 

Para mim o lugar onde mais sinto a presença de Deus e onde o meu coração se sente pleno é no Alentejo. Cada um de nós tem esse lugar, e se ainda não parou para o encontrar sugiro que se lance à aventura para o descobrir.

Parar para olhar e notar o sorriso das suas gentes, na forma como somos acolhidos, pelo amor e simpatia com que se disponibilizam a conhecer a pessoa nova que passa na sua terra, mesmo que seja só de passagem para uma refeição. Nestes gestos de acolhimento, também vejo Deus. O amar ao próximo, acolher, convidá-lo para a sua casa, para comer consigo. 

Nas suas casas caiadas de imensa brancura, que transmitem uma paz, onde se sente a perfeição de Deus em cada canto. 

Nos seus pratos tradicionais que têm por base os bens que a terra nos dá, fruto do trabalho de cada um, marcada pelas fantásticas ervas aromáticas de sabores inconfundíveis, se sente a perfeição da obra de Deus, que nos proporciona os bens alimentares que precisamos para viver. 

Perfeito e mágico por si só, intocado em tanto campo, lugar para onde se olha e até onde a nossa vista alcança, se vê a beleza da Criação de Deus. Perfeita em todas as formas, cores, plantas, animais e gentes. 

No meio das cidades, de tanto trânsito, do correr de um lado para o outro, é difícil o coração se sentir pleno e tão próximo de Deus. Para mim, este lugar é onde me posso centrar, respirar fundo e agradecer a Deus pelo dom da vida, por tudo aquilo que nos dá, que apesar de querermos sempre mais, ao pararmos para verdadeiramente analisar a nossa vida está carregada de tantas bênçãos. Deus providencia-nos sempre o que precisamos, no seu tempo devido. 

Alentejo terra da minha alma, onde me encontro com Deus e sinto que Ele me abraça com o vento, com os raios de sol que tocam a minha cara e me aquecem. 

E tu, qual é o teu lugar do coração, onde consegues respirar e encontrares-te? 

Se nunca paraste, entre tantas viagens e planos, e ainda não encontraste este sítio onde consegues sentir Deus… Força! Lança-te ao desafio e procura esse lugar especial. 

O lugar de cada um pode ser ao virar da esquina, pode estar tão perto de nós e nós nem o vermos! Assim como Deus está em todos os lugares, o nosso cantinho de paz pode estar bem perto,  tão perto de nós tal como Deus. 

Felizes aqueles que se conseguem encontrar e conectar-se a Deus através destas paisagens, cheiros, gentes… É tão fácil depois reparar nos sinais diários da sua presença na nossa vida e ao longo da nossa caminhada! Sejam felizes também.


1 comentário

  1. Foi com imenso orgulho que descobri que este maravilhoso artigo foi inspirado no “meu” Alentejo, em Terena, Alandroal. Lugar que me viu nascer nos anos 70. Cada vez que lá volto, regresso às origens e sinto-me em casa. Obrigado

Deixar um comentário