Via Sacra – Personagens da Paixão

A Via Crúcis ou Via Sacra é a reconstituição da Paixão de Jesus Cristo, uma das principais tradições católicas, sobretudo no tempo da Quaresma. Os fiéis recordam o caminho percorrido por Jesus carregando a cruz desde o Pretório até ao Calvário, onde foi crucificado. 

Todas as igrejas têm uma Via Sacra representada em pintura ou escultura. Pela altura da Quaresma é comum ocorrerem encontros promovidos pelas paróquias para a reflexão e meditação espiritual das catorze estações. Esta é a designação dada aos momentos e locais que assinalam o caminho de Jesus. Podem ser utilizadas representações mais vivas, como procissões recreativas das cenas ou simples momentos contemplativos. 
Também são muitos os que elevam a experiência a uma maior realidade e, anualmente, deslocam-se à Palestina para visitar os locais físicos por onde Jesus passou.

Em 2004,  São João Paulo II, na altura Papa, presidiu à celebração da Via Sacra no Coliseu de Roma na noite de Sexta-feira Santa, introduzindo a mudança de certas cenas não relatadas nos Evangelhos – A Via Sacra segundo os Evangelhos.

Guiadas por esta apresentação de São João Paulo II, propomos, nesta Quaresma, uma caminhada com os homens e mulheres que fizeram parte dos momentos da Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo. 

Inspiradas por este Santo, decidimos também incluir a 15ª Estação –  Ressurreição do Senhor. Esta também faz parte da Via Sacra edificada nos Valinhos, em Fátima.

Ao longo das próximas seis semanas, apresentamos as personagens bíblicas presentes em cada momento da Via Sacra. segundo os Evangelhos: 

SEMANA I
PRIMEIRA ESTAÇÃO –
Pedro, Tiago e João 
SEGUNDA ESTAÇÃO –
Judas 
TERCEIRA ESTAÇÃO –
Caifás

SEMANA II
QUARTA ESTAÇÃO –
Pedro 
QUINTA ESTAÇÃO –
Pilatos
SEXTA ESTAÇÃO –
Os soldados 

SEMANA III
SÉTIMA ESTAÇÃO –
Fariseus  
OITAVA ESTAÇÃO –
Simão de Cirene  
NONA ESTAÇÃO – 
Mulheres de Jerusalém

SEMANA IV
DÉCIMA ESTAÇÃO
O povo
DÉCIMA PRIMEIRA ESTAÇÃO
O bom ladrão
DÉCIMA SEGUNDA ESTAÇÃO
Maria, mãe de Jesus   

SEMANA V
DÉCIMA TERCEIRA ESTAÇÃO
Oficial romano 
DÉCIMA QUARTA ESTAÇÃO
José de Arimateia   
DÉCIMA QUINTA ESTAÇÃO  Maria Madalena

SEMANA VI
MEDITANDO A PÁSCOA DO SENHOR JESUS
Jesus Cristo


SEMANA I

Iniciamos a nossa caminhada unidas em fé, começando por invocar a Santíssima Trindade. 

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém

Oração inicial:

Ó amado Jesus, pelas Sagradas Escrituras, preparamo-nos neste instante para Te acompanhar no caminho do Calvário, através dos homens e mulheres que fizeram parte da história da Tua Paixão. 

Olhamos a nossa cruz e segurando-a de braços estendidos para Ti, entregamos o nosso desejo de participar com coração aberto na meditação de cada Estação, através dos seus olhares, palavras e atos.

PRIMEIRA ESTAÇÃO

imagem de Jesus no horto das oliveiras

Jesus no Horto das Oliveiras
Evangelho segundo São Lucas 22: 39-46

Personagens: Pedro, Tiago e João

E, levando consigo Pedro e os dois filhos de Zebedeu, começou a entristecer-se e a angustiar-se.
(Mateus 26:37)

“A agonia do Senhor”
Imagem cedida em https://www.acidigital.com/

Os três discípulos, Simão Pedro e os irmãos Tiago e João, pescadores no mar da Galileia, foram os primeiros discípulos a serem escolhidos por Jesus (Lucas 5:11). Usando a cidade de Cafarnaum como base, Jesus reuniu um grupo de doze discípulos principais. Preparou estes seguidores como apóstolos, encarregando-os de difundir o Seu ministério e apoiá-Lo durante a Sua vida pública.

Pedro, Tiago e João foram com Jesus para o Getsêmani e pediu-lhes que vigiassem com Ele, mas eles adormeceram e Jesus entrou sozinho em agonia.

O Senhor continuamente nos pede “orai e vigiai” porque o espírito está pronto mas a carne é fraca, mas nós, tal como os apóstolos, adormecemos e não nos preparamos para a tentação. Quando somos tentados temos de estar bem despertos e vigilantes para que perseveremos juntamente com Cristo do nosso lado. Unidos a Cristo o inimigo não tem poder sobre nós. Peçamos ao Senhor o dom da perseverança para que, na hora da tentação, estejamos firmes em Cristo.

✞ Estás connosco, Amor infinito, acompanhas-nos em todos os nossos passos.
Pai nosso, Ave Maria, Glória

SEGUNDA ESTAÇÃO

Jesus, atraiçoado por Judas, é preso
Evangelho segundo São Lucas 22: 47-48

Personagem: Judas

Jesus disse-lhe: ‘‘Judas, é com um beijo que entregas o Filho do Homem?”
(Lucas 22: 48)

“O Beijo de Judas”
1304-06. Por Giotto, na Capela Scrovegni, em Pádua, na Itália.

Judas foi um dos doze apóstolos de Jesus e traiu-O por trinta moedas de prata. 
Depois da última ceia, sabendo que Jesus se dirigia para o Monte das Oliveiras para ir rezar, Judas denunciou aos opositores a Sua localização e apareceu no jardim acompanhado por uma multidão, entre a qual se encontravam clérigos judaicos, anciãos e pessoas armadas. Judas beija Jesus para o identificar à multidão que, então, o prende. 
Posteriormente, arrependido dessa ação, enforcou-se.

Judas era mal intencionado. Em troca de moedas entregou Jesus, sabendo que era inocente.

Por vezes, a inveja e a ganância tomam conta dos corações. Que Deus nos livre desses sentimentos perante os nossos irmãos e nos livre da presença e influência de todos os mal intencionados. Judas, após reconhecer o erro, entrou em desespero pois sabia que não sairia impune do julgamento divino. Judas não reconheceu a misericórdia de Jesus e, em vez de se arrepender e Lhe pedir perdão, entregou-se ao desespero e terminou com a sua vida.

Que saibamos sempre reconhecer que, apesar dos nossos erros, por maiores que possam ser, o amor e misericórdia do Senhor para com um coração arrependido é sempre muito maior. Jesus nunca se cansa de perdoar um coração arrependido de verdade. Confiemos na misericórdia do Senhor.

✞ Estás connosco, Amor infinito, acompanhas-nos em todos os nossos passos.
Pai nosso, Ave Maria, Glória

TERCEIRA ESTAÇÃO

Jesus é condenado pelo Sinédrio
Evangelho segundo São Lucas 22: 66-71

Personagem: Caifás

Os que tinham prendido Jesus conduziram-no à casa do Sumo Sacerdote Caifás, onde os doutores da Lei e os anciãos do povo se tinham reunido.
(Mateus 26: 57)

“Jesus é condenado”
Imagem cedida em https://www.acidigital.com/

Caifás, era o sumo sacerdote judaico, apontado pelos romanos para o cargo. Os evangelistas colocam-no como participante de destaque no julgamento de Jesus organizado pelo Sinédrio.

Caifás acusou Jesus de blasfémia porque Jesus declarou a Sua soberania à direita do Pai todo poderoso. (Mateus 26: 64) 

Quantos de nós que “rasgam as suas vestes” como Caifás, com falta de amor, com inveja e falta de perdão, julgam e condenam os outros, sem tentarem entender o porquê dos seus atos e endurecem o coração com falsos testemunhos, com murmurações e com difamações. 

Senhor, dá-nos um coração de carne e o dom da caridade para escutar mais e falar menos.

✞ Estás connosco, Amor infinito, acompanhas-nos em todos os nossos passos.
Pai nosso, Ave Maria, Glória

Oração final:

Meu Jesus, digno de todo o louvor e toda a Glória, Rei e Senhor das nossas vidas, graças Te damos por nos acompanhares a cada dia. Pedimos-Te Senhor que nos ajudes a renunciar às emboscadas do inimigo da nossa alma, livrando-nos de pecar, dando-nos coragem e fortalecendo a nossa fé.

Amém.


Embora alguns momentos sejam comuns a ambas as formas, o número da estação é alterado. Aqui fica a tabela comparativa entre as estações apresentadas na Via Sacra tradicional e na dos Evangelhos

ESTAÇÃOTRADICIONALSEGUNDO OS EVANGELHOS
Vaticano – Via-sacra 2004 
IJesus é condenado à morte Jesus no Horto das Oliveiras
Evangelho segundo São Lucas 22: 39-46
IIJesus carrega a cruz às costasJesus, atraiçoado por Judas, é preso
Evangelho segundo São Lucas 22: 47-48
IIIJesus cai pela primeira vezJesus é condenado pelo Sinédrio
Evangelho segundo São Lucas 22: 66-71
IVJesus encontra a Sua MãeJesus é renegado por Pedro
Evangelho segundo São Lucas 22: 54-62
VSimão de Cirene ajuda JesusJesus é julgado por Pilatos
Evangelho segundo São Lucas 23: 13-25
VIVerónica limpa a face de JesusJesus é flagelado e coroado de espinhos
Evangelhos segundo São Lucas e São João
VIIJesus cai pela segunda vezJesus é carregado com a Cruz
Evangelho segundo São Marcos 15: 20
VIIIJesus encontra as mulheres de JerusalémJesus é ajudado pelo Cireneu a levar a Cruz
Evangelho segundo São Lucas 23: 26
IXJesus cai pela terceira vezJesus encontra as mulheres de Jerusalém
Evangelho segundo São Lucas 23: 27-31
XJesus é despojado de Suas vestesJesus é crucificado
São Lucas 23: 33 – 47
XIJesus é pregado na cruz Jesus promete o seu Reino ao bom ladrão
Evangelho segundo São Lucas 23: 33-34.39-43
XIIJesus morre na cruzJesus na Cruz, a Mãe e o Discípulo
Evangelho segundo São João 19: 25-27
XIIIJesus é descido da cruzJesus morre na Cruz
Evangelho segundo São Lucas 23: 44-46
XIVJesus é sepultadoJesus é depositado no sepulcro
Evangelho segundo São Lucas 23: 50-54
XV Estação: A Ressurreição do Senhor 
Evangelho segundo São João 20: 18


5 comentários

Deixar um comentário