imagem de barco ancorado no mar

Grata às âncoras

Imagem de Matthew Wheeler no Unsplash

Agradeço as âncoras que o Pai me dá. Essas que não nos fazem encalhar, pelo contrário, ajudam-nos a seguir viagem e a atracar em portos seguros. Não tenhamos medo! Os mandamentos de Deus, essas âncoras da vida católica,  não nos prendem, mas dão-nos, sim, a liberdade de viver com o amor do Pai, sem nunca esmorecer, mesmo quando as tempestades da vida tentam arrastar-nos para longe, pois o nosso coração vive cheio da graça do Senhor.

Sejam capazes de fazer dos ensinamentos sagrados de Deus o nosso estandarte. Sejamos capazes de o carregar bem alto, para que todos o vejam e possam também receber no seu coração o amor do Pai e a alegria de caminhar para a santidade. Recorda que somos pecadores que o Pai ama e que ensina para que sejamos santos todos os dias da nossa vida, até ao dia em que o pó voltará a ser pó e felizes seremos para sempre. Por muito pesada que possa parecer esta âncora, aos olhos deste mundo, ela é a única que te consola e te fortalece durante todo  o caminho. Obrigada pelo Teu amor.

 Que precisas para seres capaz de viver ancorada no amor de Deus, na confiança Daquele que sacrificou o seu próprio filho?


Deixar um comentário