imagem de duas plantas a brotar

Grata ao desconforto

Imagem de Valentin Salja no Unsplash

Quando subimos as escadas até ao 3ª andar e chegamos lá sem conseguir falar e visivelmente desconfortáveis, é o momento em que nos apercebemos que temos excesso de peso, que devíamos fazer exercício físico e ter uma vida mais saudável. Esta sensação de desconforto é mais usual do que queremos admitir e por muito que tentemos evitá-la ou fazer de conta que é passageira, ela persiste até mudarmos o que nos causa esse mal-estar que nos inunda e sufoca. É isso mesmo! É o desconforto que nos faz mudar, seja na relação com a sua família, com o seu trabalho, amigos ou com Deus. Não gostamos. Sim, é verdade. Somos pessoas de hábitos e rotinas, mas graças a Deus surge o desconforto que nos obriga a abandonar aquela relação, aquele trabalho ou uma vida sem sentido. Apesar de ser bom sentir desconforto, não pode ser um sentimento recorrente. Caso isso aconteça talvez se esteja a adiar a mudança. Não sabes o que mudar? Pede ao Pai que te ilumine com o Espírito Santo, para que possas  entender o que Deus está a dizer.   

Vamos fazer uma lista de coisas que nos causam desconforto? O excesso de peso, a falta de tempo para falar com o Pai ou as nossas desculpas para não ir à missa. Partilha connosco.


Deixar um comentário